Voltar

Instituto CCR no Novembro Azul!

14.11.2017 | Saúde e Qualidade de Vida

Saúde e Qualidade de Vida é um dos pilares de atuação do Instituto CCR e, por isso, a entidade apoia e participa de importantes campanhas para a promoção da saúde e constante alerta em prol da detecção precoce de doenças. Assim como ocorreu durante o Outubro Rosa, agora o Instituto CCR apoia o movimento Novembro Azul por meio das concessionárias de rodovias, barcas e metrôs, para destacar a importância da prevenção do câncer de próstata.
Com o tema “Prevenir é o Melhor Caminho – Juntos contra o Câncer de Próstata”, as empresas do Grupo CCR divulgam ao longo do mês diversas mensagens por meio de folhetos aos usuários, em painéis eletrônicos ou televisores e por meio de banners e notícias em seus sites. Para os colaboradores, as concessionárias também promovem a conscientização em seus veículos de comunicação interna. Vale destacar que a CCR também abordará o tema com campanha especial no Facebook. Participam da ação a CCR AutoBAn, CCR Barcas, CCR Metrô Bahia, CCR MSVia, CCR NovaDutra, CCR RodoNorte, CCR SPVias, CCR ViaLagos e CCR ViaOeste. “O objetivo é incentivar os homens a deixarem de lado os tabus que envolvem os exames preventivos e alertá-los de que o diagnóstico precoce do câncer de próstata ajuda a diminuir a taxa de mortalidade da doença”, lembra a gestora do Instituto CCR, Marina Mattaraia.

Mensagens ao Público Caminhoneiro, no Estrada para a Saúde
Nas unidades do Programa Estrada para a Saúde, do Instituto CCR, voltado à saúde e qualidade de vida do público caminhoneiro, também serão distribuídos folhetos por técnicos em saúde, que também darão orientações aos usuários. A ação será realizada por meio das concessionárias CCR ViaOeste, CCR AutoBAn, CCR RodoNorte, CCR NovaDutra, e CCR MSVia. 

Mais sobre a doença
De acordo com o Inca (Instituto Nacional de Câncer), no Brasil o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). É fundamental consultar sempre um médico para a realização dos exames, especialmente a partir dos 50 anos. Homens com histórico familiar devem iniciar a prevenção aos 40 anos.
Os exames são o de toque retal e o de sangue (PSA) e ambos são complementares, pois cada um detecta determinados tipos de tumor. Sendo assim, um não exclui a necessidade de se realizar o outro. “Percebo que muitos homens ainda pensam que fazer o exame de sangue é suficiente, mas ele, sozinho, não resolve. Cerca de 25% dos casos de tumores apresentam o PSA normal e, assim, essa faixa só é detectada com o exame de toque retal e, esse, por sua vez, também não consegue detectar uma faixa de 30% dos tumores”, ressalta o dr. Antônio Alves de Almeida Jr, urologista e médico do trabalho de quatro empresas do Grupo CCR. “Com diagnóstico precoce, as chances de cura são de 90% na maioria dos casos e, em muitas situações não há sintomas. Portanto, adiar os exames pode agravar a doença. O preconceito não pode ser uma barreira!”, reforça. Como forma de prevenção, deve-se buscar a alimentação saudável - evitando-se principalmente a ingestão de gordura animal - e praticar exercícios físicos regularmente. 

 

Novembro Azul Novembro Azul