Voltar

Instituto CCR e Childhood Brasil juntos na luta contra a exploração de crianças e adolescentes

04.08.2016 | Institucional

Parceiro há nove anos da Childhood Brasil, o Grupo CCR, por meio do Instituto CCR, é grande apoiador de uma causa nobre, a proteção de crianças e adolescentes contra a violência sexual no Brasil. Parceria que ganhou ainda mais força com a criação do Instituto CCR em 2014.

“O Instituto nasceu para qualificar e estrutura a gestão dos projetos apoiados pelo Grupo CCR e, com isso, as campanhas também são beneficiadas, pois são realizadas em consonância por todas as unidades de negócio, o que amplia ainda mais a atuação e principalmente o volume de usuários de rodovias que são impactados com as informações”, explica Marina Mattaraia, gestora do Instituto CCR.

Há nove anos o Grupo CCR assinou o Pacto Empresarial contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras do Programa Na Mão Certa uma iniciativa da Childhood Brasil e, desde então, são realizadas ações que visam disseminar informações sobre o tema para os usuários de rodovias, principalmente os caminhoneiros, que podem se tornar importantes agentes de proteção dos direitos de crianças e adolescentes. 

Entre as ações apoiadas pelo Instituto CCR está a campanha Juntos na Estrada pela Proteção da Infância, que visa estimular os caminhoneiros a contarem seus relatos da atuação como agentes de proteção, que podem se transformar em uma entrevista ao vivo no quadro Globo Estrada Na Mão Certa com Pedro Trucão, radialista que tem grande audiência entre o público dos profissionais da estrada.

“Este ano comemoramos 10 anos do Programa Na Mão Certa, contar as histórias de proteção de crianças e adolescentes protagonizadas pelo caminhoneiro, o principal agente de proteção neste programa da Childhood Brasil será a melhor forma de celebrarmos”, comenta a gerente de Relações Corporativas da Childhood Brasil, Eva Cristina Dengler.

A participação do Instituto CCR, por meio das concessionárias de rodovias, é importante pois consegue atingir um grande número de caminhoneiros que trafegam pelas rodovias brasileiras.

“Os caminhoneiros são importantes agentes para enfrentar o problema, pois circulam pelas rodovias do Brasil e chegam a rodar de Norte a Sul do país em menos de uma semana. A campanha marca o comprometimento do Grupo CCR no enfrentamento da exploração sexual das crianças e adolescentes”, comenta Marina Mattaraia.

A violência sexual é assunto alarmante e, segundo o Disque-Denúncia da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, foi a quarta violação contra crianças e adolescentes mais denunciadano Disque 100 no ano de 2015.


Números
Dados do Disque-Denúncia da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, apontam que, em 2015, foram registradas 17.583 denúncias sobre violência sexual contra crianças e adolescentes, o que representa aproximadamente 50 casos por dia. 

O abuso ou exploração sexual de menores é o quarto tipo de violência mais relatada, com 11% do total. Os outros são:  negligência (38%), violência psicológica (24%), violência física (22%) e outras violações (5%).

Outro dado revelado pela secretaria é que a maioria das violações de direitos acontece na faixa etária dos 4 a 11 anos (40%). Em seguida estão as crianças de 12 a 17 anos (31%) e de 0 a 3 anos (16%), sendo as meninas as maiores vítimas (54%).


Como denunciar?

É possível denunciar qualquer suspeita de abuso ou exploração sexual infantil discando 100, o Disque Direitos Humanos. A ligação é gratuita e tem funcionamento 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e feriados. Em caso de emergência, pode-se ligar para a Polícia Militar pelo telefone 190 ou para a Polícia Rodoviária Federal pelo telefone 191. 

Parceria é ativa há nove anos Parceria é ativa há nove anos
Autor: Instituto CCR