Voltar

É brincando que se aprende!

29.08.2019 | Educação e Cidadania

Seguindo uma abordagem didática e pedagógica, o programa Caminhos para a Cidadania recomenda o ensino sobre segurança no trânsito, mobilidade urbana e cidadania por meio de jogos e brincadeiras lúdicas. Isso mesmo! Os jogos integram os planos de aulas, nos quais os professores trabalham conteúdos disciplinares no dia a dia para alunos em mais de 87 cidades do Brasil.
A proposta é escolher uma brincadeira conhecida e adaptá-la aos temas. Conheça algumas das atividades:
• Bingo: diferente do tradicional, a cartela possui placas de trânsitos. Os números e letras sorteados são substituídos por perguntas referentes a essas sinalizações. Para ganhar, o aluno precisa acertar as questões e completar a tabela.
• Histórias em quadrinhos: os estudantes são orientados a criarem cenas do cotidiano no trânsito.
• Maquete da vida: com produção de maquetes produzidas pelos próprios alunos, o objetivo dessa atividade é apresentar as diferenças entre as vias principais de uma cidade (avenida, rua, rodovia e estrada) e explicar sobre os diferentes limites de velocidade.
• Reportagem: a partir da temática de evolução do trânsito, os alunos são convidados a escreverem, desenharem ou pintarem as mudanças que podem ser observadas na região onde moram.
Essas e outras atividades estão disponíveis aqui , afinal, o objetivo do programa é contribuir para uma comunidade mais consciente, preservando vidas e formando jovens cidadãos.

 

Caixa do Tesouro, no programa Caminhos para a Cidadania Caixa do Tesouro, no programa Caminhos para a Cidadania
Autor: Divulgação