Voltar

Veja dicas de como tornar o retorno das férias algo mais agradável

23.07.2018 | Educação e Cidadania
A princípio, a volta às aulas no segundo semestre pode parecer um pouco desanimador para os alunos, que já estão acostumados com o ritmo mais calmo das férias escolares. Mas, nem tudo precisa ser assim. Com um pouco de esforço e dedicação, todos podem entrar na nova rotina de estudos e dar um estímulo para o novo período.
 
Para tornar esse momento de retorno mais agradável, Bárbara Szuparits Silva, consultora de Projetos Educacionais do Instituto Crescer, que é a consultoria pedagógica do programa Caminhos para a Cidadania, dá algumas dicas importantes aos professores e educadores. Confira:
 
Promova a transição de conteúdo
 
No retorno às aulas, é muito importante integrar o aluno novamente ao contexto da escola e, consequentemente, da rotina de estudos. Por isso, vale começar trazendo os períodos agradáveis do último mês para as rodas de conversa. É fugir do tradicional, propondo atividades que instiguem a criança a lembrar das horas de descanso e recreação, como a produção de uma redação ou de uma arte que conte um pouco das férias. 
 
Faça exercícios lúdicos
 
É difícil retomar as atividades escolares com o conteúdo da grade curricular logo de início. Por isso, aproveite esse período para promover tarefas mais lúdicas. Se você é professor de educação física, pergunte aos alunos que brincadeiras novas aprenderam nas férias e execute-as. Se você é educador de português, peça exemplos de livros que eles leram no último mês e faça uma síntese. Se a sua disciplina é geografia, veja quais lugares as crianças conheceram e conte um pouco do local, da vegetação, do turismo, etc. Traga todas essas informações para a sala de aula.
 
Utilize a tecnologia
 
Caso você tenha acesso a recursos ou aparelhos tecnológicos, como uma câmera fotográfica ou um celular, capte imagens de depoimentos dos pequenos contando algo legal das férias e produza um microvídeo. Também é possível pedir para eles enviarem imagens de algumas atividades elaboradas no período de descanso para promover um compilado e reproduzir em classe.
 
Rememore as matérias
 
Após o período de adaptação, a dica é retomar os conteúdos discutidos no primeiro semestre por meio de resumos e reflexões. Além disso, é importante esclarecer as possíveis dúvidas e alinhar as dificuldades apresentadas, bem como refrescar a memória com compilados de todos assuntos e matérias.
 
Crie uma rotina
 
De forma orgânica e natural, o início do segundo semestre vai se construindo e você, educador, segue consolidando e criando uma rotina de estudos. Aliás, definir metas e horários pode ser uma maneira legal de estabelecer a ordem em sala de aula. Com isso, insira os conteúdos da grade curricular aos poucos e dê todo o gás para seguir até o fim do ano.
 
É bom lembrar!
 
Com base na metodologia de aprendizagem significativa, do psicólogo David Ausubel, para o aluno aprender e gravar qualquer informação, é preciso estabelecer uma conexão com algo que ele já sabe. Por isso, aproveite para ensinar por meio do contexto das férias.
Caminhos para Cidadania Caminhos para Cidadania
Autor: Divulgação