Voltar

Presente em 106 cidades, Caminhos para a Cidadania capacita alunos e professores

17.01.2018 | Educação e Cidadania


Desde 2002, o programa Caminhos para a Cidadania, do Instituto CCR, já beneficiou mais de 2,3 milhões de alunos. Foram 106 municípios atendidos em 2017, com 2 mil escolas participantes. O projeto foca suas atividades em segurança no trânsito, mobilidade urbana, preservação da vida e cidadania, o que reforça nosso compromisso socioeducacional.

Com a finalidade de contribuir para mais qualidade de aprendizado dos alunos, os materiais didáticos ganharam novas edições nos anos de 2016 e 2017. Só no ano passado, 14.675 professores e 318.680 alunos estiveram envolvidos nas ações. Eles passaram por capacitações e receberam os conteúdos didáticos exclusivos.

Concessionárias participantes do programa
• CCR NovaDutra
• CCR AutoBAn
• CCR RodoNorte
• CCR SPVias
• CCR ViaOeste
• CCR ViaLagos
• ViaRio

Ampliando oportunidades
Piraí (RJ), cidade participante do programa e que margeia a rodovia Presidente Dutra, é um dos exemplos de empenho e participação dos estudantes e professores. Quando iniciou no projeto, em 2005, o município contava com 250 alunos e 10 professores participantes. Após 13 anos, o número já é de 709 estudantes e 30 docentes. 

De acordo com a coordenadora municipal do programa, Dorcas Maria Oliveira, a participação ativa no Caminhos para a Cidadania representa evolução e melhorias para área da educação. “Os jovens aprendem na prática e por meio dos materiais, que são instrutivos. Além disso, o programa ajuda a intervir por melhorias nos bairros e no centro, abordando o trânsito como foco principal. Outro ponto importante é que os professores são valorizados e os alunos tornam-se multiplicadores”, afirma.

Segundo Dorcas, o programa possibilita oportunidades e aprendizados, mobilizando toda a comunidade. Hoje, 19 escolas participam das atividades. “É um programa que só traz benefícios para o desenvolvimento da educação. Com o apoio do Instituto CCR, que sempre nos atende prontamente, conseguimos estimular os estudantes para que possam dialogar e discutir sobre os assuntos do projeto, colaborando para a segurança e salvando vidas”, completa a coordenadora.

 

 

 

 

Caminhos para a Cidadania Caminhos para a Cidadania