Voltar

Show integra a agenda da exposição ‘Julio Le Parc: da Forma à Ação’, que tem o Instituto CCR como copatrocinador

15.01.2018 | Cultura e Esporte

No dia 20 de janeiro, às 20h, a Orquestra Vermelha se apresenta gratuitamente no Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo, integrando a agenda da exposição ‘Julio Le Parc: da Forma à Ação’, retrospectiva da carreira do argentino pioneiro em arte cinética que conta com copatrocínio do Instituto CCR.

A orquestra é apresentada pelo Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Cultura, Instituto Tomie Ohtake e Bradesco. É formada por um músico e uma banda de sombras. Sombras de outros músicos que não estão no palco. São todos base e solo. Figura e fundo. Desenvolvido por Matheus Leston, o projeto expõe contradições fundamentais de um show. Com a popularização do computador como ferramenta musical, como definir o que é um músico? Se, durante as apresentações, os playbacks e samples são cada vez mais comuns, o que é “ao vivo”? E para que vamos a shows? Apenas para ver pessoalmente um artista que admiramos? Ou talvez para experienciar um espetáculo completo, no qual a visualidade é tão importante quanto o som?

Serviço:

Instituto Tomie Ohtake
Complexo Achê cultural
Av. Faria Lima, 201
Tel: 11 2245 1900
www.institutotomieohtake.org.br