Voltar

Projetos itinerantes vão impactar cerca de 115 mil pessoas

24.03.2017 | Cultura e Esporte

Em 2017 estarão em ação, com apoio do Instituto CCR, oito projetos itinerantes que, juntos, vão atingir um público de pelo menos 115 mil pessoas em cidades de trechos sob influência das concessionárias do Grupo CCR nos estados da Bahia, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. Os projetos itinerantes proporcionam, de forma dinâmica, atrações como espetáculos e oficinas de teatro, fotografia, cinema, música e esportes. 

Entre eles está o PhotoTruck, o primeiro caminhão de fotografia do Brasil. Com essa unidade móvel, é possível realizar oficinais, exposições e workshops para públicos diversos, com objetivo de promover conscientização, desenvolvimento social e artístico e para despertar nas pessoas um novo olhar sobre o mundo.

Até pouco tempo atrás, as oficinas de fotografia eram realizadas dentro de escolas e, agora, por meio do Truck, o projeto tem a grande vantagem da mobilidade. O PhotoTruck é equipado com impressoras de alta qualidade, internet, câmeras fotográficas e até uma câmara escura, que simula o interior de uma câmera fotográfica gigante. “O PhotoTruck permite que as oficinas sejam levadas para qualquer região do país com autonomia de energia elétrica. No caso do trabalho desenvolvido junto com o Instituto CCR, faremos um trajeto por 36 cidades do Brasil, passando por cinco estados diferentes (SP, RJ, BA, MS, PR). Serão mais de 15 mil quilômetros percorridos, levando fotografia e cultura para comunidades com pouco acesso”, afirma Paula Blandy, diretora- presidente da ImageMagica, Oscip (organização da sociedade civil de interesse público) que realiza o projeto.

Como funciona
Uma das principais atividades do PhotoTruck envolve a produção de uma foto com uma mensagem que a contextualiza. As imagens são feitas com um aplicativo de celular desenvolvido exclusivamente para o projeto. Ao final dos dias de oficina, as imagens produzidas viram exposições, impressas no Truck e depois colocadas nas paredes das escolas em formato de lambe-lambe ou em varais.